domingo, 31 de julho de 2016

Resenha: Roadie Metal Volume 7

A coletânea Roadie Metal chega ao seu sétimo volume , em dois CDs que trazem 35 bandas de todo o país, de todos os gêneros e subgêneros, que vão agradar a todos os estilos de ouvintes.Criado pelo idealizador Gleison Junior que vem contribuindo muito para a cena underground não só de bandas de metal mas também do rock em geral.

O primeiro CD tem bandas de Heavy metal,Hard rock ,como exemplo a banda Syren(Heavy Metal),Dolores Dolores(Hard Rock).
O segundo CD temos um atmosfera bem mais pesadas com bandas de Death,Thrash Metal,como por exemplo bandas como Voodoopriest(Thrash),Monstractor(Thrash),Criminal Brain(Thrash / Death Metal) e Kryour(Death metal melódico) .

CD 1
A primeira banda da Coletânea é a Syren com a musica "Motordevil" que apresenta um Heavy metal moderno e envolvente,com o vocal bem parecido com o do Bruce Dickinson. em seguida temos o TROPA DE SHOCK com a musica "Inside the Madness" é uma mistura de Heavy metal tradicional com o moderno.em seguida a banda Valvera mostra seu Heavy metal cantado em Português.a quarta faixa mostra uma banda que mistura Hard rock,progressivo e Heavy metal que é a banda Dolores Dolores com a faixa "I Was Wrong" esse tipo de som não faz parte do meu gosto musical mas para quem gosta deve ser 10,a quinta banda é Underload com a faixa "Let It Go" banda que mostra um som dos anos 70 pra quem gosta da época,vai gostar da banda. em seguida Makinaria rock com a musica "Eleição ou Gozação" mostra seu rock n roll com varias influencias de bandas brasileiras com o Carro Bomba e made in brasil. em seguida temos a bana Heryn Dae com a faixa auto intitulada com um som bem agradável .a oitava banda é a Overload que apresenta seu Rock ´n´ Roll bem empolgante.em seguida temos mais uma banda que mistura Hard rock com Heavy Metal.em seguida temos a banda Fenrir's scar que mostra seu Gothic metal com uma pitada de Metal moderno,e não é que é bom !. em seguida a banda Blessed in fire com a faixa alto intitulada, banda se denomina Mystic Metal tema em suas letras a sabedoria oculta, de forma consciente, mágica e essencial.Em seguida temos a banda de Doom metal Apeyron,claro que não poderia faltar Doom metal nessa excelente Coletânea,e também mistura Heavy metal.em seguida a banda S.I.F com a musica "Puritania" que se denomina com “Metal Foda-se” ou seja a banda não tem limites e pode misturar tudo pela frente.Em seguida temos a banda Gravis com a musica "Ladrão" a banda faz seu som atual e vibrante.em seguida a decima quinta banda é a Vate Cabal é mais uma banda de rock que canta em português .agora a coisa ficou boa !!!!,em seguida temos a banda Underhate que toca um Thrash metal sensacional .Muito bem a ultima faixa do primeiro CD da Coletânea Roadie Metal volume 7 é encarregado por Eduardo lira com a faixa Sunrise que é uma faixa instrumental.

CD 2
O segundo CD da Coletânea Roadie Metal vol 7 começa com um trinca de Thrash metal que já me agradou de imediato. o excelentíssimo Death Metal melódico da banda "kryour" também me deixou empolgado.a quinta banda é a criminal brain com a musica "victim" banda que mistura Death com Thrash Genial !. em seguida temos Handsaw com a musica "Supreme Being" esse é o puro Death metal !.em seguida temos Dying Silence com a faixa "Sem Conserto" banda que mistura Death com Hardcore que fica com cara de Deathcore.Em seguida temos a banda Demolition com a musica "Infected Face"que é uma puta banda de Thrash (veja resenha da banda apertando aqui). a nona banda é a Deadliness com a musica "Guerreiros do Metal" que mostra seu Thrash metal cantado em português!.em seguida temos a banda Hellmotz que prefere não se rotular mas fica envolta do Heavy metal.Em diante temos a excelente banda de Death Metal "Death Chaos" com a musica "House Of Madness". em seguida a banda  Melanie Klain com sua musica "Lavagem Celebral".em seguida temos a banda  Psychosane com a musica "Road" banda que mostra seu excelente Heavy metal tradicional.a decima quarta banda é a As Do They Fall com a musica "Nemesis" que é uma mistura de Metal core com Southern metal.em seguida a decima quinta banda é a Dioxina com a musica "Sombras" um Thrash metal com Hardcore cantado em português .a decima sexta banda é a Heavenly Kingdom coma a musica "Hungry Misery and Pain" outra excelente banda de Thrash metal na Coletânea. em seguida temos a South Hammer banda que mistura Speed,Death e Heavy metal com a musica "Harley My Motorcycle" .A ultima banda da Coletânea Roadie Metal  volume 7 é a banda Crush com a musica "Pedrada".

Vale lembrar que a distribuição dessa coletânea é gratuita e qualquer um pode obter a mesma. Para isso basta sintonizar no programa da Roadie Metal, que é apresentado toda quinta-feira, das 20:30 as 23:00, e aos sábados, das 14:40 as 16:15, sempre ao vivo no link: http://www.canalfelicidade.com/

Roadie Metal-2016- Nacional

CD 01:
01 – Syren: Motordevil
02 – Tropa de Shock: Inside The Madness
03 – Válvera: Cidade Em Caos
04 – Dolores Dolores: I Was Wrong
05 – Underload: Let It Go
06 – Makinária Rock: Eleição ou Gozação
07 – Heryn Dae: Heryn
08 – Overhead: Overhead
09 – Normandya: Lost Seasons
10 – Fenrir’s Scars: Downfall
11 – Blessed In Fire: Blessed In Fire
12 – Apeyron: The Dance of Fire
13 – S.I.F.: Puritania
14 – Gravis: Ladrão
15 – Vate Cabal: A Extração da Pedra da Loucura
16 – Underhate: Revolution Day
17 – Eduardo Lira: Sunrise

CD 02:
01 – Voodoopriest: Juggernaut
02 – Monstractor: The 4th Kind
03 – Forkill: Let There Be Thrash
04 – Kryour: Chaos of My Dream
05 – Criminal Brain: Victim
06 – Handsaw: Supreme Being
07 – Dying Silence: Sem Concerto
08 – Demolition: Infected Face
09 – Deadliness: Guerreiros do Metal
10 – Hellmotz: Wielding The Axe
11 – Death Chaos: House of Madness
12 – Melanie Klain: Lavagem Celebral
13 – Psychosane: Road
14 – As Do They Fall: Nemesis
15 – Dioxina: Sombras
16 – Heavenly Kingdom: Hungry Misery and Pain
17 – South Hammer: Harley My Motorcycle
18 – Crush: Pedrada

Nota:9,5

Links oficiais:

sábado, 30 de julho de 2016

Cronos N.T:Confira seu primeiro Webclipe/Vídeo clipe !

A banda de Prog Thrash/Death Metal ou até mesmo Melodic Death Metal,Cronos N.T postou/lançou um Web clipe de seu single "Garden of Skulls" no canal oficial da banda,que foi gravado no Estúdio Manilha em SÃO PAULO.
É o primeiro Vídeo clipe do grupo paulista desde de sua Fundação em 2011.O single pode ser baixado de forma gratuita no servidor do MEGA,MEDIA FIRE e 4SHARED.


Download:
LINK 1-MEGA 

LINK 2-MEDIA FIRE 

LINK 3-4SHARED

Formação:
Diego Sousa-vocal
Felipe Veiga-bateria
Guilherme Silva-baixo
Matheus silva-guitarra
Fernando Fonseca-guitarra


Redes sociais/Contato:

Ouça o primeiro EP da banda Hotel Cigano




Formada por Víctor Rozzante (guitarra e voz), Eliel Linhares (guitarra), Nei Paluchowski (baixo), Danilo Junior (teclado) e Tairel Lopes (bateria), a Hotel Cigano surgiu a partir do projeto Los Hermanos Revisitado. Com a convivência de cinco anos e algum pé na estrada, as composições vieram naturalmente.
A banda lançou seu primeiro single, “Rélpi”, em 2015 e o EP de estreia, “Hotel Cigano”, em junho de 2016. As músicas do disco têm autoria de Víctor Rozzante e Danilo Junior e estão disponíveis em todas as plataformas online.
O trabalho reforça a atitude cigana do grupo tanto pelo jogo entre o acústico e o elétrico quanto pela musicalidade – do rock, com guitarras ska, ao folk e ao tango repaginado, com letras que discorrem sobre o cotidiano poético, entre seus encontros e desencontros.
No histórico recente da Hotel Cigano estão projetos como o Sofar Sounds Brasil, edição Porto Alegre (RS), e os festivais VAI e Tô na Rua.
Ouça o EP “Hotel Cigano”, no soundcloud.


Fonte: Cena Brasileira/Beatriz Martins.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Banda Aclla é destaque no programa ‘’ O Melhor do Rock ‘’, da Rádio Nossa Voz FM.



Formada em 2007 pelo vocalista Tato Deluca, a banda aclla tem um propósito lírica inteiramente focado sobre os conflitos humanidade vem enfrentando no início deste novo milênio: um assunto mundial para a mudança climática iminente, a crescente conscientização das pessoas sobre a sua responsabilidade para com o meio ambiente e, é claro, os conflitos internos das pessoas. Como enfrentar a cada dia em um mundo tão caótico? Como se preocupar com a natureza e sentir como parte dela, se por um lado tem que curar nossas próprias feridas?
Para responder a estas e outras perguntas, Tato Deluca decidiu usar a música para incentivar as pessoas a discutir estas questões e volte a ligar para a Terra. Deluca, com a ajuda de produtor Ricardo Nagata, reuniu uma equipe de primeira classe de músicos Bruno Ladislau (baixo); Denison Fernandes e Chrystian Dozza (guitarra); Eloy Casagrande (bateria); e Tato Deluca (vocais).
A Banda Aclla tem grandes influenciais na música: ron Maiden, Saxon, Judas Priest, Metallica, Pantera, Dream Theater, Deep Purple, Black Sabbath.
Gênero: Heavy Metal.
Localização: São Paulo-SP.
A Banda será destaque na edição deste sábado 30/julho de 2016 no programa de Rádio ‘’ O Melhor do Rock ‘’, da Rádio Nossa Voz FM de Duas Estradas-PB.
O programa começa as 19h00min horas deste sábado, e você pode nos acompanhar em diversos meios através da Rádio Nossa Voz FM de Duas Estradas-PB onde os ouvintes residentes na cidade acompanham no Rádio na frequência 104.9 FM. Para aqueles que estão em outras cidades pelo Brasil e Mundo é só acompanhar na internet nos blogs: nossavozfm.blogspot.com, blog extreme aggression, Folha de Duas Estradas, no site Guarabira News, blog O Nordestino, além de nos acompanhar no Rádios Net, Tunein: Rádio Nossa Voz FM. O ouvinte ainda pode nos acompanhar no site da Rádio Alternativa The Rockers. A Parti das 20h00min Horas entraremos em conexão com a Rádio Nova Bayeux Web, tanto no Tunein, Rádios, e também no site: novabayeuxweb.com. A apresentação do programa fica por conta de: João Paulo Ferreira.


Não perca eu espero você.







FONTE: O Melhor do Rock/J.Paulo Ferreira.

Apresentando Bandas:Coldblood

Fundado em 1992, o Coldblood é uma veterana banda de metal extremo brasileiro e sempre manteve seu som fincado nas raízes do death metal e na índole satânica.

No mesmo ano de seu nascimento a banda lançou sua primeira demo chamada “Terror Stench” e seguiu realizando apresentações pelo Brasil. A segunda demo “...and it comes the winter” foi lançada em 2000 e também obteve boa repercussão. Em 2005 a banda lança sua terceira demo “Reicarnating A New Black God” que obteve reconhecimento internacional, sendo a porta de entrada para o debut álbum. No ano de 2007, e já de contrato assinado com a gravadora mexicana Onslaught Rec. A banda lança o tão esperado primeiro álbum “Under The Blade I Die”.
Um material forjado na velha escola do death metal e que obteve muitos elogios colocando de vez a banda no circuito underground mundial. Após a realização de vários shows pelo Brasil para promover o álbum e alguns  junto a bandas como: Cannibal Corpse, Onslaught, Master, Mayhem, Gräfenstein, Taake, Krisiun... em  2010 o Coldblood se lança em sua primeira turnê internacional para encerrar com chave de ouro a divulgação do primeiro álbum. O lugar escolhido foi a América Latina e a banda passou por países como Ecuador, Peru e Bolívia. Em 2011 enquanto a banda preparava material novo é lançado o Split Coldblood / Luvart, contendo músicas da primeira demo.

Para comemoração dos 20 anos a banda lança em Janeiro de 2012 o Ep “The Other Gods” contendo 5 músicas inéditas. Neste mesmo ano é lançado a coletânea 20 Years Of Death Metal In Cold Blood e um Split coma banda Eutanos do Ecuador.

Em Outubro de 2013 a banda apresentou seu mais recente trabalho, o álbum “Chronology Of Satanic Events” lançado no Brasil por meio de uma parceria entre os selos Distro Rock Rec. & Attitude Headbanger’s House e nos Estados Unidos foi lançado pela Metallic Media Rec..

Após o lançamento, para promover o álbum a banda realizou sua segunda turnê pala América Latina e passou por países como Colombia, Ecuador e Peru. A banda segue com a divulgação do novo álbum e pretende seguir sua saga disposto a representar o metal extremo brasileiro e destruir os tímpanos dos Headbangers que estão sedentos por um Death Metal mórbido, afrontador e satânico.


Formação:
Diego "Arawnn" Mercadante - Vocal/Guit
Artur Cirio - Guitarra
Markus "Mkult" Couttinho - Bateria


Redes sociais/contato:

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Ouça “Silent Spring”, primeiro EP da Lasting Maze



A Lasting Maze é uma banda de Metal alternativo formada em março de 2014, na cidade de Mossoró-RN.

A sonoridade conta com arranjos melódicos e linhas de teclado, contrastando com o peso do instrumental. As composições abordam temáticas sombrias, sobre a complexidade humana e seus sentimentos, associando como estamos presos ao labirinto sem fim que é a mente humana.
A banda acaba de lançar online seu primeiro EP, intitulado “Silent Spring“, uma homenagem ao livro ‘Primavera Silenciosa’ da cientista e bióloga Rachel Carson, que fala sobre o cenário pós Segunda Guerra mundial e todas as consequências negativas que isso trouxe aos humanos e ao meio ambiente.


O EP conta com 6 faixas, entre elas os dois primeiros singles da banda, ‘No Strangers’ e ‘Silent Spring’.

Fonte: Cena Brasileira/Beatriz Martins

Conheça a banda de doom metal, Vindicta



A Vindicta, variante de Vingança, no Latim,  nasceu em Campinas – SP, fundada pela baterista Leonora Mölka com o intuito de formar uma banda com uma proposta um pouco incomum (ao menos naquela região) tendo elementos do Doom Metal, Death Metal, Gothic Metal e do tradicional Heavy Metal. Assim, convidou seu namorado Brunno Mariante, para assumir o posto de vocalista da banda.

Em 2014, Stéfano Egg junta-se ao legado, assumindo o posto de guitarrista. Ainda no mesmo ano, a banda lança o seu primeiro EP, Wanderlost (uma junção de Wanderlust “desejo em viajar”, com Lost “perdido” – como se fosse uma ambição por se arriscar em uma aventura trágica). Logo após a primeira estreia da banda, ainda no mesmo ano, na Estação Cultura (Fepasa), em Campinas, Jhonatan Sordan assumiu o posto de baixista, que até então era assumido por músicos convidados. Com a entrada de Jhonatan, foi possível finalizar o já citado EP.

No final desse ano e após ser lançado o EP, Rick Posi assume a segunda guitarra da banda.

A banda teve repercussão até mesmo fora do país, sendo reconhecida por vários ouvintes ao redor do mundo. Além de reconhecimento, os integrantes deram entrevistas para rádios, web rádios e vários sites.


Em 2016, Stéfano Egg deixa a banda por função de seu trabalho paralelo e o posto é assumido pelo guitarrista João Lopes.

Fonte: Cena Brasileira/Beatriz Martins

Broken & Brunt lança o novo disco “It Comes to Life”



Após uma espera de 3 anos, os capixabas da Broken & Burnt quebram o silêncio com um trabalho maciço, soturno e complexo como o monstro que o inspirou. Baseado no livro Frankenstein, de Mary Shelley, o álbum It Comes to Life nos brinda com nove músicas que passeiam entre as diversas influências da banda, que vão do Grunge ao Stoner Funeral Doom, de Nirvana e Alice In Chains a Melvins e Horn of The Rhino.

A B&B surgiu em 2011 e deu a luz ao seu bem sucedido primeiro full-lenght, Let The Burning Begin, em 2012. O quarteto formado por Hugo Ali (guitarra e voz), César Schroeder (guitarra), Denis Coelho (baixo) e Apache Moons (bateria) já tocou ao lado de uma série de grandes bandas nacionais, como Krisiun, Confronto, Claustrofobia, Viper e Macaco Bong. Em 2013 lançaram o Split-EP Stolen/Unsober, com a banda Blackslug.

Foram cerca de dois anos gastos no processo de composição, gravação e produção do segundo álbum, que mostra uma banda muito mais madura, com total controle da própria sonoridade, entregando ao ouvinte um registro extremamente bem produzido e detalhista, mergulhado na atmosfera sombria da obra-prima do horror. A afinação dos instrumentos, quatro tons abaixo do padrão, combinada com riffs leviatânicos, timbres aveludados e linhas vocais envolventes dá a roupagem da devastação que é It Comes To Life. A variedade de andamentos, que não deixa as nove canções se tornarem repetitivas, é o toque final, pra deixar qualquer amante de música pesada agraciado.

Fonte: Cena Brasileira/Beatriz Martins

Stoneria: O artista independente merece respeito e apoio



O espaço para as bandas independentes parece cada vez mais limitado, e outras bandas indicando ou falando bem de outros artistas está cada vez mais raro.
Como de costume, o STONERIA adora ir na contramão e sempre de forma inteligente traz a sua visão sobre assuntos polêmicos e delicados. Mas o caso hoje não é polemizar, mas sim agradecer e indiciar bandas independentes no qual o STONERIA já teve a honra de dividir o palco, se transformando em amigos e mostrando a união que tanto falta na dita cena.
“Em nossa história conhecemos muitas bandas no palco, algumas dividimos o mesmo espaço, camarim, equipamentos, cigarro ou cerveja. Outros casos tocamos somente uma vez, mas nos encontramos em outros momentos. Se de forma rápida formos falar de todas as bandas que já tocou com o Stoneria e que recomendamos pela qualidade, a lista seria imensa! Se fosse todas que já escutamos ou vimos os shows iria ser maior ainda, então trazemos a vocês 10 bandas que já TOCOU COM O STONERIA no mesmo palco e que recomendamos porque arrebentam ao vivo.”
Confira o top 10 do STONERIA de bandas independentes:
Monterrey
https://www.facebook.com/monterreyface

Cretinos e Canalhas
https://www.facebook.com/cretinosecanalhas

Versares
https://www.facebook.com/versares

Nuestro Odio
https://www.facebook.com/NuestroOdio

Balls
https://www.facebook.com/Bandaballs

No Wrong
https://www.facebook.com/nowrongband

Subeclipse
https://www.facebook.com/subeclipse

Suíteluxo
https://www.facebook.com/suiteluxo

Pallets
https://www.facebook.com/pallets.banda

Os Infames
https://www.facebook.com/bandaosinfames

Aproveitando a banda complementa:

“Temos orgulho destas bandas, pois é comum falar de grandes nomes da música, mas raramente falamos de artistas que estão no mesmo nível que nós (artista independente), que merecem mais respeito e apoio!”

Links Relacionados:
http://stoneria.com/
https://www.facebook.com/stoneriarock
https://soundcloud.com/stoneria
https://www.youtube.com/stoneriarock
https://www.flickr.com/photos/stoneria/
https://twitter.com/stoneriarock
https://instagram.com/stoneriarock/


Fonte: www.heavyandhellpress.com.br

Fallen Idol se apresenta no festival SP Doom Days neste domingo



A banda Fallen Idol é uma das atrações confirmadas na próxima edição festival SP Doom Days, que acontece no dia 31 de julho (domingo), a partir das 18 horas. O evento também conta com a Ruínas de Sade.
Organizado pela Last Time Produções, o SP Doom Days é um festival que visa apresentar bandas nacionais de Doom Metal.  Já passaram pelo palco do evento bandas como Jupiterian, Siracvsa, Denial Of Light, Dying Embrace, Songs Of Oblivion e Mythological Cold Towers.

O SP Doom Days acontece no Espaço Som  (Rua Teodoro Sampaio, 512, Pinheiro, São Paulo). A entrada custa 20 reais.
Mais informações sobre o evento podem ser conferidas em:

Formada em 2002, na cidade de Arujá (SP), a banda Fallen Idol tem o intuito de desenvolver um trabalho fortemente influenciado pelo Doom Metal tradicional produzido nos anos 80. As principais referências sonoras e líricas vêm de grupos como Black Sabbath, Candlemass, Cirith Ungol, Paradise Lost, Trouble e Celtic Frost,entre outras, denotando que o grupo busca inspiração dentro e fora do estilo adotado.
A formação conta com Rodrigo Sitta (Guitarra e Vocal), Márcio Silva (Baixo) e Ulisses Campos (Bateria). O videoclipe de “The Boy and the Sea” , lançado recentemente, pode ser conferido a seguir:
Acompanhe a banda Fallen Idol no Facebook:
Confira o videoclipe da banda:


Fonte: Cangaçoradiorock.com

Imperious Malevolence: Confira a pré-produção do novo álbum


 A banda IMPERIOUS MALEVOLENCE deu o pontapé inicial para a gravação do novo trabalho previsto para dezembro de 2016. Trata-se do álbum comemorativo de 20 anos da banda, que marcará a nova formação com Fernando Grommtt como baixista e vocalista.
 O novo CD intitulado “20 Years Of Malevolence”, contará com 4 músicas inéditas e 6 regravações de músicas já lançada em álbuns anteriores. Confira abaixo o vídeo da pré-produção da música inédita “Ascending Holocaust”:

O grupo divulgará em breve mais informações sobre o álbum, junto com capa e tracklist. “20 Years Of Malevolence” será lançado pela Sangue Frio Records, para mais informações sobre o lançamento escreva para contato@sanguefrioproducoes.com.
Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/ImperiousMalevolence/
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Imperious+Malevolence/23
Fonte: Sangue Frio Produções

Rigor Mortis BR: “’The One Who...’ é Death Metal extremo, bruto e sobre tudo, não é old school”


 A banda gaúcha RIGOR MORTIS BR concedeu uma entrevista a um dos principais portais de comunicação do sul do Brasil, o Rock Gaúcho.
 Nessa entrevista, conduzida por Aline Pavan, a banda falou sobre sua história, mudanças de formações, dificuldades do underground, diferentes sonoridades abordadas nas músicas, influências e também falou cobre o novo álbum “The One Who...” que já está pronto, confira:
“O que eu posso dizer é que fizemos esse álbum de forma egoísta. Queremos fazer algo que mostrasse a nossa identidade de cara. Não temos a intenção de soar parecido como a banda tal ou tal como a maioria das bandas querem. Queremos que as pessoas ouçam e percebam que as músicas têm uma identidade própria, a nossa identidade, a cara da Rigor Mortis BR.
Podem esperar por músicas que tiraram muito de nós em todos os aspectos. Todos nos mergulhamos fundo nas músicas, nos aspectos técnicos, emocionais. Existem 2 maneiras de se fazer um álbum. Sem sair da zona de conforto ou longe dela. Optamos pela segunda.
É Death Metal extremo, bruto e sobre tudo, não é old school.”
- Alexandre Rigor Mortis (guitarrista).
Confira a entrevista completa aqui: http://www.rockgaucho.com.br/entrevistas/entrevista-com-a-banda-gaucha-de-death-metal-rigor-mortis-br.html
A banda lançará oficialmente o debut álbum nos próximos dias, e abre oficialmente sua agenda para a turnê de divulgação do “The One Who...”, produtores interessados entre em contato com a Sangue Frio Produções e conheça as facilidades, para entrar em contato diretamente com a banda basta escrever para alexandrerigormortis@gmail.com.

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/RigorMortisBR
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Rigor+Mortis/10
Fonte: Sangue Frio Produções

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Humaniza Underground - CG


No dia 7 de Agosto acontecerá o Humaniza Underground - Campina Grande-PB, em prol do lar de idosos. Lar da Sagrada face, estaremos recebendo donativos não só alimentos, como também roupas, lençóis, o que puder ajudar no bem estar dos residentes desta casa de apoio. O evento começará às 16:00 horas no extensão vitrola. E a entrada será 1kg de alimento não perecível. Haverá sorteios de brindes, contamos com a presença de vocês para mais esta ação em prol vida, mostraremos juntos a força do nosso underground. Humaniza Underground - CG que não seja um ato isolado, seja apenas o primeiro passo para algo bem maior.

O evento contara com as seguintes Bandas:



Por: '' O Melhor do Rock ''.

Black Triad: divulgados capa e lista de faixas de disco de estreia




Um dos principais músicos da cena gaúcha, Ricardo Aronne acaba de divulgar capa e Track-list de seu novo trabalho: o Black Triad. Aronne, que já fez parte de bandas consagradas e precursoras do Metal gaúcho (como Spartacus, Crowley, Zion, Sagathana e vários outros), agora assume a frente dos vocais - um feito inédito em seus mais de 30 anos de carreira. Dessa forma, o público é presenteado com uma belíssima obra na forma do excelente álbum de estreia da Black Triad, chamado “Genesis”.
Não menos importante, vale ressaltar a cozinha da banda que soa precisa e apresenta uma dupla muito bem entrosada, baixo com linhas que marcam o tempo precisamente e solam de forma impecável, mantendo toda a base instrumental coesa, a bateria é um verdadeiro “Arregaço” e sua afinação é um dos principais destaques do trabalho, pesada e com uma técnica absurda, faz o coração da banda pulsar em vários ritmos diferentes e tudo sem perder o feeling. O baixo fico a cargo do experiente Marcelo Phitan e a bateria aos cuidados do renomado Zico Cavinato.
O trabalho tem todas as letras escritas por Ricardo Aronne, que não se absteve em transparecer todas as suas influências na proposta musical da banda. Elas possuem temas diversos que variam entre sexo, sacanagem, diversão e conflitos existenciais, tudo com alta dosagem de Heavy Metal bem ao estilo Motörhead.
Esse time se reuniu no estúdio Hurricane, em Porto Alegre/RS, durante os meses de abril e junho para as gravações. Toda a masterização ficou a cargo do renomado produtor Sebastian Carsin.



O álbum será lançado em três formatos diferentes: o primeiro será digital, com data de liberação prevista para 10 de agosto pela plataforma “CD Baby”, "Itunes" e outras importantes mídias de distribuição digital; os outros formatos serão em CD e Vinil, mas ainda não foram reveladas as datas oficiais de lançamento desses formatos.
Por enquanto, o disco foi liberado apenas para a imprensa, e a mídia já pôde atestar que apresenta uma qualidade soberba. Produção impecável, músicos completos, harmonias muito bem construídas, instrumentos equalizados com perfeição e ritmo empolgante são apenas alguns dos saldos positivos desse álbum de estreia do poderoso power-trio gaúcho.
Formação:
Montagem Black Triad
Ricardo Aronne (voz/guitarra);
Marcelo Phitan (baixo);
Zico Cavinato (bateria).
Faixas:
BT - Genesis - CapaBT - Contra Capa
01 - Go On
02 - R.I.P
03 - Fallen Masks
04 - The Duke
05 - Genesis
06 - Carnage
07 - Into The Void
08 - Zeigeist
09 - Evil Lady
10 – Santero


Fonte: Roadie Metal.

The Goths: está disponível site oficial da banda com muitas novidades e atualizado diariamente




Após o lançamento do muito bem criticado álbum, “The Death”, a banda The Goths anuncia o mais novo lançamento, o site The Goths Metal.

Agora os fãs da banda podem ficar por dentro de várias notícias já divulgadas sobre o trabalho dos músicos, incluindo resenhas, notas de divulgação, shows, vídeos e muito mais, o público pode também acompanhar de perto as novidades mais atuais sobre a banda, o site sempre é atualizado com as principais informações sobre o grupo.

O site foi muito bem planejado e de fácil acessibilidade e navegação, destaque para a excelente colocação das matérias e resenhas que já foram escritas sobre o primeiro álbum da banda, tudo com destaque e um layout dinâmico.

Thegothsmetal.com  possui informações em português e em inglês, criando assim uma ampla e vasta divulgação da banda em todos os quatro cantos do mundo.

Para saber tudo sobre a “The Goths” basta acessar o site oficial:

                                                                                             
Conheça a música da banda:


Fonte: Roadie Metal.

Death Chaos: já está disponível o primeiro álbum da banda “Prologue In Death & Chaos”


A banda curitibana de Death Metal, “Death Chaos”, informa que está disponível o primeiro álbum da banda em formato físico, “Prologue In Death & Chaos”.

O álbum é composto por cinco faixas que apresentam um trabalho forte e coeso, letras que falam sobre temas que abrangem violência e destruição, incluindo a história de uma família de Serial-Killers que atraem suas vitimas para tortura-las ate a morte.

O álbum foi todo produzido pelo baterista Ueda e pelo guitarrista Julio Bona, que também assina a arte do álbum, o álbum está disponível para vendas e pode ser adquirido na pagina oficial da banda.


Esse álbum é um item obrigatório aos fãs do estilo mais extremo, o custo é de R$20,00 + frete com distribuição em qualquer região do país.

Prologue In Death & Chaos

01 – You Die I Smile
02 – Death Division
03 – House of Madness
04 – Erased Sky
05 – You Are Not You

Formação:

Denir Deathdealer – Vocal/Baixo
Julio Bona – Guitarras
David Oliver – Guitarras
Ueda – Bateria

Fonte: Roadie Metal.

Apresentando Bandas:Ravanes

A banda foi criada em setembro de 2002 na cidade de Natal/RN com a intenção de complementar e manter viva a cena underground do seu estado. Com fortes características do Thrash Metal, músicas e letras agressivas, e uma proposta clara de mostrar a verdadeira situação do planeta, do cotidiano humano ou da religião.

Em 2006, após a banda lançar o primeiro EP "Tormenta", Infelizmente a banda perdeu o vocalista Chapula Davis, voltando a tocar somente em 2007 com Clayton Marinho no vocal, e já com o segundo EP "Espantalho" finalizado.

Em 2012, o criador da banda Jonathan Mulusck chegou à decisão de que não poderia mais continuar no Ravanes, devido a motivos pessoais. então Clayton Marinho assumi-o com líder da banda já que é o único remanescente da formação original.



Formação:
Clayton Marinho (vocal e guitarra)
Rhuan Dyego (guitarra)
Juninho (baixo)
Skol(bateria).


Contato:

terça-feira, 26 de julho de 2016

Aske: “A produção do nosso videoclipe está quase finalizada, e vamos compensar o atraso”


 Em entrevista ao Blog Extreme Aggression, a banda ASKE falou sobre um pouco sobre o início da banda, atual formação, shows, o debut álbum “Once...”, influências, projetos futuros.
 O grupo também falou um pouco sobre o atraso no lançamento do videoclipe que estava previsto para o final de Junho e aproveitou para falar um pouco sobre o significado da palavra “Übermensch”, que intitula a música do videoclipe, confira:
“Não fizemos seu lançamento no fim de junho, conforme anunciamos, porque decidimos trabalhar um pouco mais em alguns pontos. Apenas isso! Contudo, sua nova produção já está sendo finalizada e vamos compensar este atraso!
Übermensch, em alemão, é o termo usado por F. Nietzsche para seu Super-Homem. Em seu livro, ‘Assim Falou Zaratustra’, o filósofo nos mostra alguns pensamentos acerca do homem e, a partir disso, buscamos construir o nosso ‘super-homem’. Conseguimos fazer algo bem legal mesclando nossa visão de mundo, música e vídeo. Claro que a ajuda dos nossos parceiros da Pé de Macaco S/A na produção está sendo de fundamental importância. A cerca do clipe, não quero estragar as surpresas; valerá a pena aguardar mais um pouco!”
- Filipe Salvini (baixista)
Confira a entrevista completa aqui: http://blogextremeaggression.blogspot.com.br/2016/07/entrevista-aske-deathblack-metal-sao.html?spref=fb
Ouça ASKE:
Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites Relacionados:
https://www.facebook.com/askehorde/
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Aske/27
Fonte: Sangue Frio Produções

Dying Suffocation: “Infelizmente o Doom Metal no Brasil não é valorizado”


 A banda paranaense DYING SUFFOCATION concedeu uma entrevista ao blog Death Productions. Em um bate papo descontraído conduzido por Aline Pavan, o grupo falou sobre seu início, o EP “When I Die” e sua repercussão, sobre as atuais coletâneas que a banda vem participando, mudanças na formação e também sobre seus projetos futuros.
Ao serem perguntados sobre o Doom Metal no cenário brasileiro o DYING SUFFOCATION respondeu:
“O Doom metal no Brasil por pesar não é valorizado, mas existem bandas que se destacam em nosso meio e até já realizaram turnê fora do Brasil, mas não vejo lá fora tantas bandas de Doom Metal como aqui no Brasil e as vezes a qualidade nem chega perto do o pessoal está realizando aqui em nosso país. A qualidade do que está sendo produzido no Brasil é altíssima e deveria ter mais atenção, pois a maioria das bandas nacionais tiram do bolso a grana para apresentar trabalhos excelentes e são raros os festivais grandes que as colocam no line-up, nós acreditamos no Doom Metal no Brasil, basta ter mais incentivo para despontar composições extraordinárias. No Paraná tem excelentes bandas de variados estilos e cada uma está buscando seu espaço, mas o que nos intriga é saber que a qualidade dos materiais que estas bandas estão produzindo nos assusta ver o pessoal de fora deixando esses trabalhos de lado.”
Confira a entrevista completa aqui: http://deathprod666.blogspot.com.br/2016/07/entrevista-com-dying-suffocation.html?spref=fb
Ouça DYING SUFFOCATION:
Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites Relacionados:
https://www.facebook.com/DyingSuffocationDoom/
http://www.dyingsuffocation.com.br/
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Dying+Suffocation/26
Fonte: Sangue Frio Produções

Ministério da Discórdia: os discípulos bazucas do Black Sabbath




O Ministério da Discórdia foi formado em 2007, tocando covers de Black Sabbath nas noites paulistas. Desenvolveu repertório próprio, finalizando, em 2013, as gravações de seu primeiro álbum, autointitulado, com 11 faixas.
A sonoridade envolve diferentes vertentes do metal, com temas obscuros, espirituais, políticos, vida e morte. Letras em português. Ministério da Discórdia é formado por Maurício Sabbag, vocal e guitarra, Inácio Nehme, bateria, Carlos Botelho, baixo.

Você confere o trabalho, no Soundcloud:



Fonte: whiplash.net


Banda Levianos lançara seu primeiro trabalho na Rádio Planet Music Brasil.



No próximo dia 29 deste mês a Rádio Planet Music Brasil WEB Rádio, que estar no desde de 22 de agosto de 2012, tem uma programação diversificada e eclética.
Neste próximo dia 29, a Banda Levianos faz o lançamento de seu do novo single ‘’ DESTILANDO ‘’.
A Banda foi formada há pouco, e faz este lançamento com muita qualidade, e humildade.
A Banda é do gênero Rock Alternativo e é formada por: Felipe Tubarão - Vocal e Guitarra, Orleylson Blake - Contrabaixo e Backing Vocal, Leonardo Marques – Bateria.
Este trio é de Manaus capital do estado do Amazonas e o principal centro financeiro, corporativo e econômico da Região Norte do Brasil.
Nesta sexta, 29/07, às 12h, tem lançamento no ESPECIAL NACIONAL.

A banda Levianos lança o single ‘’ DESTILANDO ‘’, na Rádio Planet Music Brasil, não percam acompanhe no endereço eletrônico: http://planetmusicbrasil.com.br/novo-site/



Redação: João Paulo Ferreira/ O Melhor do Rock.

Hell Gun: Banda anuncia nova formação


 Os paranaenses do HELL GUN anunciaram em sua página oficial do Facebook que estão com novo baterista. Trata-se do músico Maurílio I. P. Júnior, que já participou dos projetos Durango e The Conjuring.
Confira: https://www.facebook.com/bandaHellGun/photos/a.495874350443242.116699.484638054900205/1258548117509191
Maurílio continuará os trabalhos com a banda, que envolve a continuação da gravação do novo EP “Sacrifice”, e o cumprimento de toda a agenda da banda daqui pra frente. Sua estreia com o HELL GUN será no “Thrash or Be Thrashed Fest” ao lado das bandas The Force (Paraguai), Toxic Revolution (Cascavel/PR) e as curitibanas Mustaphorious e Jailor. Link: https://www.facebook.com/events/258329791190652
A banda também afirmou que seguirá apenas com um guitarrista, devido a saída do músico Jean Fallas. Com isso a formação fica assim:
Matheus – Vocalista
Lucas Licheski – Guitarrista
Marllon Souza – Baixista
Maurilio – Baterista

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/bandaHellGun
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Hell+Gun/16Fonte: Sangue Frio Produções

Maniacs Metal Meeting: Mais um evento gigante nasce no Sul do Brasil


 Finalmente foram anunciadas todas as 28 atrações do primeiro Maniacs Metal Meeting, festival que acontecerá nos dias 09, 10 e 11 de dezembro de 2016, na lendária Fazenda Evaristo em Rio Negrinho/SC.
 Entre as atrações principais estão Vulcano, Krisiun, Firespawn (Suécia), Hirax (EUA), Hibria, Violator e Misthenia. Confira o cartaz completo:

Link do evento no Facebook para confirmar sua presença: https://www.facebook.com/events/1753950011492950/
Página oficial do festival no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/ManiacsMetalMeeting/
Informações sobre a fazenda e sua localização, e ter a lista completa das bandas que tocarão no evento acesse o link a seguir: http://theultimatemusic.com/festival-maniacs-metal-meeting-anuncia-line-up-oficial-com-krisiun-vulcano-hirax-firespawn-violator-e-mais-22-atracoes/
Contato Sangue Frio Produções: http://www.sanguefrioproducoes.com/contato

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Dust Commando: Produtoras não são seres engajados em cenas e movimentos, mas sim empresas que visam lucro



Recentemente foi “comemorado” o famoso Dia Mundial do Rock, que mesmo com vários fatores contra o cenário musical atual, ainda temos artistas que enxergam o lado positivo, e fazem o diferente, o movimento para manter a chama acesa.

E um desses artistas certamente é o DUST COMMANDO, que se mantém em movimento constante, além de estarem sempre apoiando o underground. Para falar um pouco mais dessas questões e outros assuntos que não beneficiam a “cena”, o baixista/vocalista Thiago Rabuske traz sua opinião sem papas na língua:

Recentemente foi comemorado o Dia Mundial do Rock, que já foi mais expressivo em outrora. Com um cenário tão enfraquecido hoje em dia, temos o que comemorar?

Thiago: Eu acho que temos que comemorar, sim, mas com olhos críticos - já não temos o mercado de outrora, e isto é um entrave ao desenvolvimento da cena por um lado; por outro lado, a cena nunca esteve tão "na cara", como tudo que é banda dando um jeito de utilizar a internet e todos seus tipos de veículos de divulgação para mostrar a nova música autoral independente que está aí pra quem gosta de pesquisar coisas novas e sair do lugar comum do esquema de mercado que tanto padroniza a música em geral.

Também acredito que temos que comemorar e muito a existência de tantos veículos de comunicação na internet, como o Road To Metal - nunca antes tivemos uma imprensa tão abundante e abrangente e de fácil acesso como nos dias de hoje, e isto é um passo em frente no que diz respeito à divulgação e à captação de público.

Eu pessoalmente tive muito que comemorar, pois após a entrada da Dust Commando no cast da Heavy And Hell Press conheci muita gente boa desse meio underground nacional e passei a perceber a cena de uma maneira diferente, com mais otimismo e com muita admiração pela pá de guerreiros deste cenário que passei a respeitar e admirar como exemplos de uma ideia, de um ideal que nunca vai morrer!

Os lançamentos digitais já não são mais novidades, tanto que já temos bandas investindo em pendrvies personalizados. Como você enxerga este novo momento?

Thiago: Pela minha visão romântica de colecionador de discos de vinil eu acho um pouco triste pela qualidade que se perde na transformação de arquivos de som em MP3, além do que se perde ao não se ter mais o contato com a obra inteira - a capa, o encarte, a arte em geral que só vem a complementar o conceito do disco como um todo.
Mas entendemos que os tempos são outros e estamos pensando em formas diferentes de divulgar nossa música - apesar de já dispormos nossas músicas em sites de streaming como Spotify e Google Play e em lojas virtuais como Amazon, iTunes e outras.

Um assunto que sempre gera polemica, são as bandas que pagam para abrir shows internacionais. O que pensam a respeito?

Thiago: Eu acho um esquema um pouco sacana - gostaria de ver estes caras reclamando do jabá do Faustão um dia para carimbar seus selos de hipócritas! Estão fazendo a mesma coisa - mas, afinal, produtoras não são seres engajados em cenas e movimentos, mas sim empresas que visam lucro... E que não cobram nada comparado aos esquemas de grandes redes de televisão! Portanto, sempre existem algumas maneiras diferentes de se olhar uma questão tão delicada como esta.

Eu adoraria abrir um show de um ídolo meu com toda certeza, seria uma honra - mas não sei se eu faria isto sem ter dinheiro sobrando! Ouvi falar de um artista que vem este ano ao Brasil que escolheu a dedo uma banda para abrir seu show - se isto é realmente verdade eu adoraria cumprimentar este grande artista pela iniciativa!

LINE UP:
Thiago Rabuske - Bass/Vocals João Vitor Martins - Guitars Gabriel Alexandre - Guitars Felipe Silva - Drums/Vocals

Fonte: www.heavyandhellpress.com.br

Conheçam a banda Paraibana ‘’ Warcursed ‘’



Formada em 2004, inicialmente como banda cover do Megadeth, tínhamos o line- up atual já definido, com Henrique Melo nos vocais. Após algum tempo tocando como banda cover, começaram a surgir as músicas próprias e a vontade de formar uma banda autoral, que na época chamava-se Post Mortem.
Com a formação da Post Mortem e a entrada de Glauber Ancelmo no vocal, em 2005, começamos a formar nosso repertório e realizar alguns shows em Campina Grande e na Paraíba. Devido a problemas pessoais, Glauber deixa a banda, na época em que nos preparávamos para gravar nossa primeira DEMO, Gates of War.
No início de 2008, depois de alguns testes, eis que Jean Philippe assume os vocais, além do baixo, ficando: Jean Philippe (Vocal e Baixo); Richard Senko e Alan Cruz (Guitarra) e Marsell Senko (Bateria). Após alguns ensaios com a nova formação, voltamos a fazer alguns shows na Paraíba e fora do estado. No início de Março de 2010, começamos a pré-produção do nosso primeiro Full-Length, Escape From Nightmare e surgiu a necessidade de trocar o nome da banda. Após algumas discussões e cervejas, surge a Warcursed, cada vez mais forte e ativa já com a entrada de Eduardo Victor no lugar de Alan Cruz, o qual também saiu por motivos pessoais. Nós temos uma temática focada em problemas sociais, envolvendo guerra, religião, insanidade e problemas existenciais, tudo isso com um Death/Thrash Metal que traz uma sonoridade com muita agressividade e destruição, não somente para o cenário do metal paraibano, mas também para o cenário mundial.
LINE UP:
Richard Senko - Guitar
Dmitry Luna - Bass
Eduardo Victor - Guitar
Marsell Senko – Drums
Genero:

Death/Thrash Metal

A banda estará tocando ao lado da grande banda '' Torture Squad '', em Santa Rita-PB, no próximo dia 26/agosto/2016.